A luz está apagada!

Fundos

XPCM11

 Entrar
Informações Gerais Destaques Análise Comparativa Análise do Administrador Patrimônio do FII Cotações e Mercado Rendimentos Relatórios e Comunicados Comentários Comparativo Notificações

XPCM11

XP Corporate Macaé

  Escritórios
possui gestão PassivaInvestidores em Geralmono-imóvelmono-inquilino

Fundo mono-imóvel e mono-locatário, o XP Corporate Macaé FII tem como objetivo auferir ganhos pela aquisição, para exploração comercial, do edifício 'The Corporate' situado no município de Macaé/RJ.

Taxas do Fundo
● Taxa de Administração: 0,80% a.a.


Resultado do XPCM11 no último exercício:
O Fundo gerou R$ 29.751 milhões de receita com locação de imóvel (R$ 27.263 milhões em 2018), locado 100% para a Petrobrás.

 Notificações
R$63,00 Cotação (29/Mai/2020) R$0,85 Último Rendimento (15/Mai/2020) 1,32% DY médio (12 meses) -24,02%  Rentabilidade acumulada Rentabilidade (12 meses) R$ 148,4Mi
PATRIMÔNIO LÍQUIDO
R$ 152,1Mi
VALOR DE MERCADO
81º de 100
POSIÇÃO NO IFIX
0,3%
PARTICIPAÇÃO NO IFIX
11/Mar/2013
DATA DE INÍCIO
Indeterminado
PRAZO
21.335
QT DE COTISTAS
2.414.570
QT DE COTAS
Outras Informações
ÁREA BRUTA LOCÁVEL 18.641 M² VACÂNCIA 0,0 % INADIMPLÊNCIA 0,0 % QUANTIDADE DE IMÓVEIS POR UF RJ1 QT DE COTISTAS 21.335 QT DE COTAS 2.414.570 PÚBLICO ALVO Investidores em Geral ADMINISTRAÇÃO DO FUNDO
Administrador Rio Bravo Investimentos Distribuidora De Titulos E Valores Mobiliarios Ltda
Gestor Xp Gestão De Recursos Ltda.
Auditor Ernst & Young Auditores Independentes S.s.
Análise do Administrador
TAXAS DE ADMINISTRAÇÃO E PERFORMANCE
Taxa de Administração R$ 1,5 milhões/ano
Taxa de Performance R$ 0,00
Percentual sobre o PL do FII 0,98% a.a.
Custo Anual por Cota R$ 0,60
Estes foram os valores efetivamente recebidos pelo Administrador nos 4 últimos trimestres
CLASSIFICAÇÃO ANBIMA
mandato Renda
segmento Lajes Corporativas
gestão Passiva

Análise do Administrador

A análise abaixo foi elaborada pelo Administrador do Fundo e publicada no último Informe Anual
RESULTADO DO FUNDO NO ÚLTIMO EXERCÍCIO

O Fundo gerou R$ 29.751 milhões de receita com locação de imóvel (R$ 27.263 milhões em 2018), locado 100% para a Petrobrás.

CONJUNTURA ECONÔMICA DO SEGMENTO DE ATUAÇÃO

2019 marcou mais um ano de lenta retomada econômica.

O estabelecimento do novo governo federal e a aprovação da reforma da previdência sustentaram a retomada da confiança na economia doméstica.

Essa melhora foi evidenciada pela taxa SELIC nas mínimas históricas (4.5%) e pelo risco país em 98 pontos, nível mais baixo em quase 10 anos.

O IPCA, que apesar do crescimento elevado nos últimos meses devido ao choque de preço das proteínas causado pela gripe suína na China, terminou o ano em 4.31%, próximo ao centro da meta de inflação (4.25%). Os níveis baixos da taxa SELIC e do risco país favoreceram os investimentos de maior risco no ano passado.

O mercado imobiliário, em especial, foi um dos setores que mais se favoreceu dessa nova conjuntura.

No acumulado em 2019, segundo pesquisa do Sindicato da Habitação (Secovi), houve um crescimento de 49.5% nas vendas de unidades residenciais em comparação com 2018. No mesmo período, os lançamentos de imóveis cresceram 49.6%. Segundo a consultoria Buildings, no mercado de locação, os imóveis corporativos de São Paulo atingiram 15% de vacância em 2019, após chegarem a quase 20% em 2017. O número ainda está distante da mínima histórica de 1.6% em 2011, mas já mostra uma tendência de queda considerável.

Em 2019 observamos também o reajuste dos aluguéis acima da inflação pela primeira vez em dois anos reforçando a recuperação do setor imobiliário no ano passado.Esse desempenho, junto à conjuntura mais favorável, contribuiu para a performance superior dos fundos imobiliários em 2019. Ao longo do ano observamos a migração de investidores do mercado de renda fixa, por causa da SELIC mais baixa, para o mercado de renda variável e de fundos imobiliários (FII), este último com muitas ofertas ao longo do ano.

Foram aproximadamente 418 mil novos investidores em FIIs, grande parte correspondente à investidores pessoa física, um crescimento de 204% em relação à 2018. Ao mesmo tempo, foram 67 novas emissões de fundos imobiliários (versus 40 ofertas em 2018) com um volume total de R$ 21 bilhões.

O índice de fundos imobiliários da B3 (IFIX) teve um retorno de 37,42% em 2019, superior ao rendimento do Ibovespa de 33,97% e com um risco menos elevado.

PERSPECTIVA PARA O PERÍODO SEGUINTE

No ano de 2019 a aprovação da reforma da previdência foi uma grande conquista para o país, e ao longo de 2020 esperamos que a tramitação das reformas estruturais continue, principalmente no primeiro semestre antes das eleições municipais.

O nível elevado da capacidade ociosa e uma recuperação ainda lenta da atividade, indica que a inflação deve continuar baixa ao longo do ano e que a taxa de juros deve permanecer nos patamares baixos por um período prolongado, beneficiando ainda mais o mercado imobiliário.

Com a recuperação econômica mais forte, esperamos também uma continuidade na queda das taxas de vacância e na melhora dos aluguéis, principalmente nas regiões focais de São Paulo (Faria Lima e Vila Olímpia).

Destaques

Desocupação de Imóvel
11/Jul/2019 Exibir Documento A locatária PETROBRAS formalizou que desocupará o Imóvel "The Corporate Macaé" em Dez/2020.
A empresa é a única locatária do único imóvel do Fundo.
A multa rescisória totalizará R$8,91 por Cota.

Relatórios Especiais

Gostaria de ter a opinião de um especialista renomado sobre os Fundos Imobiliários? Nós temos uma recomendação para te ajudar a tirar maior proveito dos FIIs.

Relatório Semanal desmistificandoFII

Análise Comparativa do XPCM11

A Análise Comparativa do mundoFII contextualiza os principais indicadores dos Fundos Imobiliários, confrontando cada um deles com as médias da categoria do FII analisado. Assim fica muito mais fácil para você ponderar essas informações.

ir para a análise comparativa do XPCM11

Patrimônio do XPCM11

O Patrimônio Líquido do Fundo é de R$ 148,4Mi e está distribuido conforme abaixo

R$ 151,1Mi imóveis para aluguelR$ 6,0Mi total mantido para liquidez(R$ 11,7Mi) Passivo
Imóveis Para Aluguel
nome do imóvelufmapaablunidadesvacância1inadimplência2pesoreceita mensal
Ed. The Corporate MacaéRJ18.641 m²10,00%0,0,0,0,00,00%0,0,0,0,099,45%R$ 2,6Mi

Cotações e Mercado

$

Cotação Atual

Valor Data Variação 1 ano
R$ 63,00 29/Mai -34,67%
MENOR COT 12 MESES R$ 39,90 (18/Mar/2020)
MAIOR COT 12 MESES R$ 102,50 (28/Jun/2019)
1,03 P/VP 785 Negócios/dia R$ 637,2mil Volume/dia
R$ 0,00 Amort. 1 ano -24,02% Rentabilidade 12 meses

Rendimentos

Último Rendimento

Valor DY Data Base Data Pgmto
R$ 0,85 1,35% 30/Abr 15/Mai
R$ 10,01 Rend. Acum. 12 meses 15,89% DY 12 meses
R$ 0,83 Rend. médio 12 meses 1,32% DY Médio

Últimos Comunicados de XPCM11

Relatório Gerencial
25/Mai/2020
Informe Trimestral
15/Mai/2020
Informe Mensal
15/Mai/2020
Informe Anual
30/Mar/2020
Fato Relevante
11/Jul/2019
Regulamento
30/Set/2016
Data Comunicado Exibir
29/Mai/2020 Rendimentos e Amortizações
Aviso aos Cotistas
25/Mai/2020 Rentabilidade
Outras Informações
25/Mai/2020 Relatório Gerencial
Relatórios
22/Mai/2020 AGO - Outros Documentos
Assembleia
22/Mai/2020 AGO - Edital de Convocação
Assembleia
15/Mai/2020 Informe Trimestral
Informes Periódicos
15/Mai/2020 Informe Mensal
Informes Periódicos
20/Abr/2020 Outros Comunicados Não Considerados Fatos Relevantes
Comunicado ao Mercado
30/Mar/2020 Informe Anual
Informes Periódicos
10/Mar/2020 AGO - Proposta do Administrador
Assembleia
10/Mar/2020 Demonstrações Financeiras
Informes Periódicos
28/Nov/2019 AGE - Ata da Assembleia
Assembleia
28/Nov/2019 AGE - Sumário das Decisões
Assembleia
07/Nov/2019 AGE - Edital de Convocação
Assembleia
06/Nov/2019 AGE - Outros Documentos
Assembleia
06/Nov/2019 AGE - Proposta do Administrador
Assembleia
11/Jul/2019 Fato Relevante
Fato Relevante
06/Mai/2019 AGO - Ata da Assembleia
Assembleia
30/Abr/2019 AGO - Sumário das Decisões
Assembleia
10/Abr/2019 AGE - Carta Consulta
Assembleia
29/Mar/2018 AGO/E - Edital de Convocação
Assembleia
29/Mar/2018 AGO/E - Proposta do Administrador
Assembleia
30/Nov/2016 Aviso aos Cotistas
Aviso aos Cotistas
30/Set/2016 Regulamento
Regulamento
30/Set/2016 Instrumento Particular de Alteração do Regulamento
Atos de Deliberação do Administrador
29/Ago/2016 Informe Semestral - DFC e Relatório do Administrador
Informes Periódicos

Comentários sobre XPCM11

Comentários sobre XPCM11

Comentários sobre XPCM11