A luz está apagada!

Fundos

LATR11

face Usuário
Informações Gerais Análise do Administrador Patrimônio do FII Cotações e Mercado Rendimentos Relatórios e Comunicados Comentários Comparativo

Informações Gerais

LATR11B Desenvolvimento Residencial

Lateres

DESCRIÇÃO GERAL DO FUNDO

Desenvolvimento Residencialpossui gestão AtivaInvestidores Qualificados

PATRIMÔNIO LÍQUIDO
R$ 87,6Mi
VALOR DE MERCADO
R$ 124,1Mi
P/VP
1,42
POSIÇÃO NO IFIX
Não Participa do IFIX
PARTICIPAÇÃO NO IFIX
DATA DE INÍCIO
05/Fev/2013
PRAZO
05/02/2023
QT DE COTISTAS
140
QT DE COTAS
124.104
ÁREA BRUTA LOCÁVEL Este FII não possui imóveis alugados QUANTIDADE DE IMÓVEIS POR UF QT DE COTISTAS 140 QT DE COTAS 124.104 PÚBLICO ALVO Investidor Qualificado ADMINISTRAÇÃO DO FUNDO
Administrador Oliveira Trust Dtvm Sa
Gestor Dynamo V. C. Administradora De Recursos Ltda.
Auditor Kpmg Auditores Independentes
Análise do Administrador
TAXAS DE ADMINISTRAÇÃO E PERFORMANCE
Taxa de Administração R$ 1,1 milhões/ano
Taxa de Performance R$ 0,00
Percentual sobre o PL do FII 1,28% a.a.
Custo Anual por Cota R$ 9,05
Estes foram os valores efetivamente recebidos pelo Administrador nos 4 últimos trimestres
CLASSIFICAÇÃO ANBIMA
mandato Desenvolvimento para Venda
segmento Residencial
gestão Ativa

Análise do Administrador

A análise abaixo foi elaborada pelo Administrador do Fundo e publicada no último Informe Anual
RESULTADO DO FUNDO NO ÚLTIMO EXERCÍCIO

O Fundo obteve variação de, aproximadamente, 10% nos 12 meses findos em 30 de junho de 2018, ajustando-se o valor da cota para as amortizações realizadas (a cota não ajustada caiu 12,92%, devido às distribuições). Durante o período, o Fundo vendeu um dos terrenos investidos (Recreio - RJ), por não ter sido desenvolvido empreendimento imobiliário pela Helbor, conforme acordado.
Ao expirar o prazo, o ativo foi vendido e as parcelas estão sendo recebidas durante 2018, pelo valor da venda corrigido por CDI + 1.8%. Assim como no caso do terreno do Brooklyn, em São Paulo, que foi vendido em 2016 e cujas parcelas foram corrigidas por CDI + 2.9%, os recebimentos estão sendo distribuídas mensalment aos cotistas.
Nos empreendimentos que foram lançados e sobre os quais temos direitos sobre unidades autônomas, houve uma melhora no número de vendas em relação aos períodos anteriores, principalmente no Nun Vila Nova.
O Fundo reconheceu vendas de 27 unidades no período, passando de 10 unidades para 37. No empreendimento Urban Resort tivemos apenas duas vendas e no Trend Higienópolis não reconhecemos novas vendas.
Assim, a melhora nas vendas do Nun Vila Nova, somada à venda e ao recebimento das parcelas do terreno do Recreio, foram os principais fatores para a valorização da cota (ajustada).

CONJUNTURA ECONÔMICA DO SEGMENTO DE ATUAÇÃO

Durante o período de 2009 a 2012, os mercados imobiliários paulista e carioca de imóveis residenciais apresentaram aumentos de preços médios de 22% e 27% ao ano respectivamente.

Crescimento este explicado principalmente pelo crescimento da renda média da população, maior formalização da economia, taxas de desemprego nas mínimas históricas, acesso ao crédito com menores taxas de juros e inflação controlada.

No ano de 2013, o preço dos imóveis em São Paulo e Rio de Janeiro cresceram 13,9% e 15,4% respectivamente, demonstrando que o mercado imobiliário já passava por um momento de menor crescimento de preços, embora ainda superior à inflação.

Em 2014, nossas expectativas se mostraram acertadas e nestes mercados os preços apresentaram aumentos de 7,3% e 7,5%, próximos à inflação do período.

Por conta da desaceleração macroeconômica observada mais acentuadamente a partir do ano de 2015, os preços de imóveis em São Paulo apresentaram crescimento nominal acumulado de 4,4% entre 2015 a 2017 enquanto que no Rio de Janeiro houve queda nominal acumulada de -7,7%. No período de doze meses encerrado em Junho de 2018, observamos uma melhora no ambiente de preços na cidade de São Paulo com crescimento de preços de aproximadamente metade do IPCA, enquanto que o Rio de Janeiro ainda apresenta preços declinantes.

PERSPECTIVA PARA O PERÍODO SEGUINTE

Estamos passando por um momento de eleições presidenciais no qual a percepção de risco pelas famílias e pelas empresas tende a aumentar e, desta forma, tanto o consumo quanto o investimento são postergados.

Para os próximos 6 meses, acreditamos que os mercados imobiliários de São Paulo e Rio de Janeiro continuarão a apresentar dinâmicas diferentes uma vez que oferta e demanda de imóveis parecem mais bem equilibrados no primeiro mercado frente ao segundo.

Para um período mais longo, temos visões mais construtivas de ambos os mercados, pois acreditamos que após um longo ciclo de desalavancagem dos bancos ao longo do período de crise, já é possível notar balanços ajustados para o incremento de financiamento imobiliário nos próximos anos – a depender da recuperação econômica e do maior nível de emprego.

Patrimônio do FII LATR11

ATIVO E PASSIVO
tipovalor
AtivoR$ 90,1 milhões
PassivoR$ 2,5 milhões
patrimônio LíquidoR$ 87,6 milhões
total mantido para liquidezR$ 36,6 milhões
PATRIMÔNIO INVESTIDO
subtipovalor

Cotações e Mercado

$

Cotação Atual

Valor Data Variação 1 ano
R$ 1.000,00 15/Mar inf%
MENOR COT 12 MESES R$ 99.999.999,00 (01/Jan/1900)
MAIOR COT 12 MESES R$ 0,00 (01/Jan/1900)
1,42 P/VP 0 Negócios/dia R$ 0,0 Volume/dia
R$ 190,79 Amort. 1 ano 0,00% Rentab. 1 ano

Rendimentos

Último Rendimento

Valor DY Data Base Data Pgmto
R$ 29,55 2,96% 05/Jul 15/Jul
R$ 147,87 Rend. Acum. 12 meses 14,79% DY 12 meses
R$ 12,32 Rend. médio 12 meses 1,23% DY Médio

Últimos Comunicados de LATR11

Informe Trimestral
16/Mai/2019
Informe Mensal
15/Jul/2019
Informe Anual
27/Set/2018
Fato Relevante
10/Jul/2019
Comunicado Data Exibir
Informe Trimestral 16/Mai/2019
Informe Mensal 15/Jul/2019
Informe Anual 27/Set/2018
Fato Relevante 10/Jul/2019
Esclarecimentos de consulta B3 / CVM 15/Jul/2019
Demonstracoes Financeiras 17/Out/2018
Comunicado nao Fato Relevante 09/Jan/2019
Aviso aos Cotistas 05/Jul/2019
AGO - Proposta da Administradora 17/Out/2018
AGO - Edital de Convocacao 17/Out/2018
AGO - Ata da Assembleia 16/Nov/2018

Comentários sobre LATR11