A luz está apagada!

FII

FPAB11

face Usuário
Informações Gerais Análise do Administrador Patrimônio do FII Cotações Rendimentos Comunicados Comentários Comparativo

Informações Gerais

FPAB11 Escritórios

Projeto Agua Branca

DESCRIÇÃO GERAL DO FUNDO

Escritóriospossui gestão PassivaInvestidores em Geral

PATRIMÔNIO LÍQUIDO
R$ 279,5Mi
VALOR DE MERCADO
R$ 268,4Mi
P/VP
0,960
POSIÇÃO NO IFIX
Não Participa do IFIX
PARTICIPAÇÃO NO IFIX
DATA DE INÍCIO
30/Jun/1999
PRAZO
Indeterminado
QT DE COTISTAS
951
QT DE COTAS
750.000
ÁREA BRUTA LOCÁVEL 35.811 M² VACÂNCIA 13,4 % INADIMPLÊNCIA 0,0 % QUANTIDADE DE IMÓVEIS POR UF SP1 QT DE COTISTAS 951 QT DE COTAS 750.000 PÚBLICO ALVO Investidores em Geral ADMINISTRAÇÃO DO FUNDO
Administrador Coin Dtvm Ltda
Gestor Coin Dtvm Ltda
Auditor Moore Stephens Metri Auditores S/s
Análise do Administrador
TAXAS DE ADMINISTRAÇÃO E PERFORMANCE
Taxa de Administração R$ 1,4 milhões/ano
Taxa de Performance Não Há
Percentual sobre o PL do FII 0,50% a.a.
Custo Anual por Cota R$ 1,85
Valores baseados nos 4 últimos informes trimestrais
CLASSIFICAÇÃO ANBIMA
mandato Renda
segmento Lajes Corporativas
gestão Passiva

Análise do Administrador

A análise abaixo foi elaborada pelo Administrador do Fundo e publicada no último Informe Anual
RESULTADO DO FUNDO NO ÚLTIMO EXERCÍCIO

No Exercício findo em 31/12/2018 o fundo apresentou um resultado operacional, expurgando o valor de ajuste ao valor justo, de R$ 22.799.433,12 sendo que em razão da avaliação realizada no exercício o que gerou uma variação positiva do Ajuste ao Valor Justo no montante de R$ 19.006.743,00, o resultado bruto apresentou um lucro no montante de R$ 41.806.176,12. O Fundo, de acordo com a Lei 9.779 de 19 Janeiro de 1999, destinou aos quotistas a título de distribuição de resultado o montante de R$ 21.525.000,00 (R$ 16.425.000,00 em 2017).

CONJUNTURA ECONÔMICA DO SEGMENTO DE ATUAÇÃO

Região de São PauloO 4° trimestre de 2018 encerrou com 8.248.700 m²de inventário existente considerando os Edifícios de escritórios comerciais.

No ano de 2018 houve a entrega 280.000 m² de novo estoque.

A taxa de vacância se manteve estável variando de 18,6% em 2017 para 18,7% em 2018, isto porque, dos 280.000 m² de nova oferta, 200.000 m² foram absorvidos.

A absorção bruta foi de 742.000m² em 2018. A expectativa para o próximo semestre é a entrega de 130.000m² de nova oferta.

Região da Barra Fundo.

O 4° trimestre de 2018 encerrou com 695.000 m²de inventário existente.

No ano de 2018 houve a entrega 25.000 m² de novo estoque.

A taxa de vacância aumentou de 12,30% em 2017 para 19,2% em 2018, isto porque, além da entrega de 25.000 m², houve uma absorção negativa de 26.195 m². A absorção bruta foi de 133.511m² em 2018. A expectativa para o próximo semestre é a entrega de 23.000m² m².

PERSPECTIVA PARA O PERÍODO SEGUINTE

A economia brasileira apresentou em 2018 crescimento de 1.1 p.p.

do PIB.

Apesar do fraco crescimento econômico, associado a incerteza política que perdurou até o final do 2° semestre de 2018, e dos impactos gerados pela greve dos caminhoneiros, a absorção líquida foi bastante satisfatória, até porque, boa parte desta absorção ocorreu no 4° trimestre de 2018 o que pode indicar um crescimento sustentável da demanda para o próximo ano.

Ademais, considerando a região de São Paulo, não há previsão de aumento significativo da oferta para o próximo ano.

Para o ano de 2019, a expectativa do mercado é de crescimento da atividade econômica ocasionado pela nova matriz econômica e pelas reformas estruturais do novo governo o que poderá impulsionar a demanda.

O aquecimento da demanda e o baixo volume de oferta poderá reduzir a taxa de vacância dos imóveis comerciais, no entanto, a administradora acredita que, para a região em que está localizado o imóvel, a redução da vacância não se traduzirá no aumento dos preços de locação que deverão se manter estáveis.

Cabe destacar que tal expectativa pode não se concretizar caso o governo não consiga aprovar as reformas estruturais importantes para o país.

Patrimônio do FII FPAB11

ATIVO E PASSIVO
tipovalor
AtivoR$ 283,0 milhões
PassivoR$ 3,5 milhões
patrimônio LíquidoR$ 279,5 milhões
total mantido para liquidezR$ 5,3 milhões
PATRIMÔNIO INVESTIDO
subtipovalor
imóveis para aluguelR$ 156,7 milhões
TerrenosR$ 117,9 milhões
Imóveis Para Aluguel
nome do imóvelufmapaablunidadesvacância1inadimplência2pesoaluguel/m2receita mensal
Edifício New York e Los AngelesSP35.811 m²7613,37%7,8,20,22,130,00%2,2,2,0,097,61%R$ 49,0R$ 1,5Mi

Cotações de FPAB11

$
última cotação R$ 357,81 (16/Abr/2019)
última cotação R$ 357,81 (16/Abr/2019)
MENOR COT 12 MESES R$ 297,01 (10/Out/2018)
MAIOR COT 12 MESES R$ 385,00 (22/Mar/2019)
Cotação/VP 0,960

Rendimentos de FPAB11

último rendimento R$ 1,80 0,50% (12/Abr/2019)
REND ACUM 12 MESES R$ 28,40 7,94%
REND médio 12 MESES R$ 2,37 0,66%
menor rend 12 MESES R$ 1,65 0,46%
maior rend 12 MESES R$ 9,15 2,56%

Últimos Comunicados de FPAB11

Relatorio Gerencial
12/Abr/2019
Informe Trimestral
06/Fev/2019
Informe Mensal
12/Abr/2019
Informe Anual
26/Mar/2019
Fato Relevante
03/Jan/2019
Comunicado Data Exibir
Relatorio Gerencial 12/Abr/2019
Outros Relatorios 12/Abr/2019
Informe Trimestral 06/Fev/2019
Informe Mensal 12/Abr/2019
Informe Anual 26/Mar/2019
Fato Relevante 03/Jan/2019
Demonstracoes Financeiras 22/Mar/2019
Aviso aos Cotistas 29/Mar/2019
AGO - Resumo das Deliberacoes 25/Abr/2018
AGO - Edital de Convocacao 22/Mar/2019
AGO - Ata da Assembleia 02/Mai/2018
AGE - Resumo das Deliberacoes 18/Jul/2018
AGE - Proposta da Administradora 02/Jul/2018
AGE - Outros Documentos 02/Jul/2018
AGE - Carta Consulta 02/Jul/2018

Comentários sobre FPAB11