A luz está apagada!

Fundos

FLMA11

face Usuário
Informações Gerais Análise do Administrador Patrimônio do FII Cotações e Mercado Rendimentos Relatórios e Comunicados Comentários Comparativo

Informações Gerais

FLMA11 Escritórios

Continental Square Faria Lima

DESCRIÇÃO GERAL DO FUNDO

O Fundo possui 18 conjuntos na Torre Comercial do Continental Square, em 4 andares e meio, alugados isoladamente, e 75% do Hotel Caesar Park (5 estrelas), incluindo todo o FF&E (Furniture, Fixtures and Equipment) e HEOS (Hotel Equipment and Operating Supplies). O Hotel está arrendado para o Grupo Accor, proprietário dos outros 25% do Hotel.
Escritóriospossui gestão AtivaInvestidores em Geral

PATRIMÔNIO LÍQUIDO
R$ 199,8Mi
VALOR DE MERCADO
R$ 273,4Mi
P/VP
1,37
POSIÇÃO NO IFIX
39º de 92
PARTICIPAÇÃO NO IFIX
0,6%
DATA DE INÍCIO
29/Ago/2000
PRAZO
Indeterminado
QT DE COTISTAS
26.788
QT DE COTAS
69.033.500
Outras Informações
ÁREA BRUTA LOCÁVEL 25.166 M² VACÂNCIA 1,7 % INADIMPLÊNCIA 0,0 % QUANTIDADE DE IMÓVEIS POR UF SP12 QT DE COTISTAS 26.788 QT DE COTAS 69.033.500 PÚBLICO ALVO Investidores em Geral ADMINISTRAÇÃO DO FUNDO
Administrador Brcapital Dtvm Sa
Gestor Br-capital Distribuidora De Titulos E Valores Mobiliários Sa
Auditor Rsm Brasil Auditores Independentes Sociedade Simples
Análise do Administrador
TAXAS DE ADMINISTRAÇÃO E PERFORMANCE
Taxa de Administração R$ 228,4 mil/ano
Taxa de Performance R$ 0,00
Percentual sobre o PL do FII 0,11% a.a.
Custo Anual por Cota R$ 0,00
Estes foram os valores efetivamente recebidos pelo Administrador nos 4 últimos trimestres
CLASSIFICAÇÃO ANBIMA
mandato Renda
segmento Híbrido
gestão Ativa

Análise do Administrador

A análise abaixo foi elaborada pelo Administrador do Fundo e publicada no último Informe Anual
RESULTADO DO FUNDO NO ÚLTIMO EXERCÍCIO

O Fundo apurou um resultado positivo de R$ 9.432.405,34 no período.
Neste exercício foram distribuidos R$ 9.325.071,57 de renda aos cotistas.

CONJUNTURA ECONÔMICA DO SEGMENTO DE ATUAÇÃO

Segundo dados da ABIH-SP (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Estado de São Paulo), São Paulo fechou o ano com uma média de 54,08% de ocupação hoteleira, quase três pontos percentuais acima do que o registrado em 2017. O FOHB (Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil ), também analisou os resultados por categoria hoteleira de 389 hotéis de redes associadas e registrou crescimento de desempenho em todas elas.

Os hotéis econômicos tiveram aumento de 4,9%, enquanto o midscale cresceu 7,8% e o upscale cresceu 5,9%. Na diária média, acréscimos de 2,2% no Econômico, 1,8% no Midscale, e 1,8% do upscale.

No RevPar, increementos de 7,1% no Econômico, 9,8% no midscale e 7,7% no upscale.O mercado corporativo Classes A e A+ de São Paulo registrou uma absorção líquida durante o ano de 2018 próxima dos 200 mil m², o maior volume registrado nos últimos cinco anos, segundo dados da Cushman & Wakefield.

A melhora na absorção liquida, e a redução da vacância para taxas próximas as de 2013 e 2014 (21,5% em dezembro de 2018), demonstra uma retomada do mercado corporativo de alto padrão em São Paulo.

Apesar do aquecimento do mercado, o preço médio pedido para locação na capital paulista caiu 7%, de R$ 95,8 por m² ao mês em dezembro de 2017, para R$ 89,1 por m² em dezembro de 2018. Os escritórios do Fundo apresentam baixa taxa de vacância (inferior à taxa de vacância média da cidade de São Paulo de empreendimentos Classe A), iniciando o ano de 2019 com apenas duas unidades disponíveis para locação, com preços médios de locação em linha aos preços médios pedidos na região em edifícios com qualidade semelhante.

PERSPECTIVA PARA O PERÍODO SEGUINTE

O ano de 2019 teve um início mais promissor, com maior confiança do mercado nas novas políticas econômicas esperadas, acreditando nas mudanças que a equipe de ministros do novo governo poderá promover no país.

No entanto, as projeções de crescimento do PIB que iniciaram o ano em patamares em torno de 2,5%, já sofreram reduções neste primeiro trimestre, de forma que hoje o mercado estima um crescimento de 2% de PIB, impactado principalmente pelas instabilidades políticas, e pelas incertezas das reformas tão esperadas pelo mercado financeiro.

Na contramão das reduções de crescimento da economia brasileira, o setor hoteleiro de São Paulo ainda permanece otimista com relação à recuperação da atividade, ainda mais após os resultados surpreendentes alcançados no segundo semestre 2018. As projeções do Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (FOHB) para a cidade de São Paulo é alcançar crescimentos em todos os índices – Taxa de Ocupação, Diária Média e Revpar, com maior peso na recuperação da Diária Média frente à recuperação da demanda.Para o Pullman São Paulo Vila Olímpia, o cenário de 2019 é um tanto diferente do histórico de 2018, visto que os contratos com as tripulações que traziam um volume garantido de hospedagem não foram renovados, pela inviabilidade de se renegociar um aumento de tarifas com estes clientes.

Desta forma todo o planejamento de Vendas e Revenue Management foi refeito buscando recuperação em outros segmentos de negócios, principalmente em reservas individuais durante os dias de semana.

A expectativa do hotel é ter uma Taxa de Ocupação menor do que o realizado no ano passado em função da perda de volume considerável da tripulação em dias de baixa, mas o grande crescimento na Diária Média principalmente nos dias de semana irá compensar o crescimento do Revpar.

Além deste crescimento na Receita de Hospedagem, a expectativa do hotel também é positiva para as Receitas de Eventos e A&B.

O posicionamento estratégico do nosso Centro de Convenções tem se destacado cada vez mais no mercado de São Paulo, com grande procura por clientes dos mais diversos segmentos de negócios.

E o posicionamento atual do restaurante HUB Food & Art Lounge em 1º lugar no ranking do TripAdvisor como o melhor restaurante de São Paulo tem trazido um incremento de receitas para Alimentos e Bebidas muito acima das expectativas iniciais.A retomada econômica, mesmo que em ritmo lento, causa impactos diretos em toda a cadeia imobiliária, impulsionando o aumento da procura por novos espaços corporativos ou ampliação de área ocupada.

A escassez de novos projetos para ser entregue nos próximos anos, em especial na região da Vila Olímpia, elevará os valores de locação no médio prazo.

Aliado a esse contexto, os parâmetros da nova Lei de Uso e Ocupação do Solo elevam os custos dos novos projetos, justificando a construção de novos empreendimentos apenas com preços de locação mais elevados.

Patrimônio do FII FLMA11

ATIVO E PASSIVO
tipovalor
AtivoR$ 201,6 milhões
PassivoR$ 1,8 milhões
patrimônio LíquidoR$ 199,8 milhões
total mantido para liquidezR$ 4,3 milhões
PATRIMÔNIO INVESTIDO
subtipovalor
imóveis para aluguelR$ 196,1 milhões
outrosR$ 3,0 milhões
outros fundosR$ 1,3 milhões
Imóveis Para Aluguel
nome do imóvelufmapaablunidadesvacância1inadimplência2pesoreceita mensal
Hotel PullmanSP17.292 m²1350,00%0,100,0,100,00,00%0,0,0,0,045,87%R$ 578,9mil
Continental Square Cj 41, 42, 43 e 44SP1.785 m²40,00%0,100,0,100,00,00%0,0,0,0,017,39%R$ 219,5mil
Continental Square Cj 51 e 53SP913 m²20,00%0,100,0,100,00,00%0,0,0,0,07,09%R$ 89,5mil
Continental Square Cj 31, 32, 33 e 34SP1.785 m²40,00%0,100,0,100,00,00%0,0,0,0,06,04%R$ 76,3mil
Continental Square Cj 21SP460 m²10,00%0,100,0,100,00,00%0,0,0,0,03,45%R$ 43,5mil
Continental Square Cj 13SP396 m²10,00%0,100,0,100,00,00%0,0,0,0,03,10%R$ 39,1mil
Continental Square Cj 11SP405 m²10,00%0,100,0,100,00,00%0,0,0,0,02,89%R$ 36,4mil
Continental Square Cj 14SP396 m²10,00%0,100,0,100,00,00%0,0,0,0,02,82%R$ 35,6mil
Continental Square Cj 22SP460 m²10,00%0,100,0,100,00,00%0,0,0,0,02,75%R$ 34,7mil
Continental Square Cj 24SP432 m²10,00%0,100,0,100,00,00%0,0,0,0,02,72%R$ 34,3mil
Continental Square Cj 23SP432 m²1100,00%0,100,0,100,00,00%0,0,0,0,02,58%R$ 32,6mil
Continental Square Cj 12SP411 m²10,00%0,100,0,100,00,00%0,0,0,0,02,29%R$ 28,9mil

Cotações e Mercado

$

Cotação Atual

Valor Data Variação 1 ano
R$ 3,96 23/Ago 72,17%
MENOR COT 12 MESES R$ 2,26 (10/Set/2018)
MAIOR COT 12 MESES R$ 4,30 (16/Ago/2019)
1,37 P/VP 1.629 Negócios/dia R$ 344,4mil Volume/dia
R$ 0,00 Amort. 1 ano 78,66% Rentab. 1 ano

Rendimentos

Último Rendimento

Valor DY Data Base Data Pgmto
R$ 0,02 0,40% 06/Ago 14/Ago
R$ 0,17 Rend. Acum. 12 meses 4,29% DY 12 meses
R$ 0,01 Rend. médio 12 meses 0,36% DY Médio

Últimos Comunicados de FLMA11

Informe Mensal
14/Ago/2019
Informe Trimestral
13/Ago/2019
Informe Anual
22/Mar/2019
Data Comunicado Exibir
14/Ago/2019 Informe Mensal
13/Ago/2019 Informe Trimestral
06/Ago/2019 Aviso aos Cotistas
30/Abr/2019 AGO/E - Resumo das Deliberacoes
01/Abr/2019 AGO/E - Edital de Convocacao
29/Mar/2019 AGO/E-Proposta do Administrador
22/Mar/2019 Informe Anual
11/Mar/2019 Demonstracoes Financeiras

Comentários sobre FLMA11