Destaques

DESTAQUES

Fatos Relevantes e muito mais

Aqui são exibidos os útimos Destaques dos Fundos Imobiliários: Fatos Relevantes, Novas Emissões, Aquisições de novos ativos, alterações em contratos e muito mais!

ALZR11 Alianza Trust Renda Imobiliaria
Aquisição: Empreendimento IGP São Palo
Localizado na cidade de São Paulo, locado à Momentum Comunicação Ltda, do grupo IPG (Interpublic Group of Companies, Inc.), na modalidade de contrato atípico com vigência de 10 anos a partir da presente data, com multa equivalente ao saldo devedor integral calculado até o final do 6º ano em caso de rescisão antecipada durante os primeiros 6 anos da locação e sem possibilidade de ação revisional de aluguel no mesmo período, com valor de locação mensal de R$ 138.500,00, corrigido anualmente pelo IPCA, pelo preço de aquisição de R$ 17,2 milhões, pago à vista em 30/09/2019.
18/Out/2019 Exibir Documento
XTED11 TRX Edifícios Corporativos
Processo de Locação - atualização
As negociações para a locação do imóvel Atlântico Office com a empresa do setor educacional continuam em estágio avançado e os parâmetros comerciais indicativos, negociados entre o Fundo e a empresa, ainda não foram validados pelo conselho do proponente, mas a expectativa é que isso ocorra ainda no mês de outubro. Além desta negociação, neste momento, não foram identificadas outras oportunidades para alienação ou locação do ativo Atlântico Office.
18/Out/2019 Exibir Documento
XPLG11 XP Logística
Aquisição de Galpões Logísticos em construção
O Fundo adquiriu fração ideal de 55% dos imóveis localizados no Município de Cajamar/SP, onde serão edificados galpões logísticos, com área construída estimada total de 125.717,00 m2 cuja expectativa de entrega de obras é 1º trimestre de 2021.

A Fração dos Imóveis será adquirida pelo valor de R$ 336,56 milhões, que será pago de acordo com a evolução de obras e a verificação de condições previstas no Compromisso. Os Vendedores realizarão mensalmente o pagamento de Prêmio de Locação, equivalente a R$0,045 por cota, até a Data de Entrega.
17/Out/2019 Exibir Documento
MALL11 Malls Brasil Plural
Performance do Maceió Shopping
O Maceió Shopping continua apresentando resultados em linha com as expectativas da equipe de gestão do Fundo tanto para o mês, quanto para o acumulado no ano. No mês de julho, o shopping apresentou crescimento de mais de 14% em termos de vendas/m², devido ao forte desempenho das lojas satélites, como também das lojas âncoras.

As vendas totais também aumentaram frente ao mesmo mês do ano passado, com crescimento acima da inflação no acumulado do ano. A taxa de ocupação do ativo se manteve em aproximadamente 100%.
17/Out/2019 Exibir Documento
FFCI11 Rio Bravo Renda Corporativa
Aquisição de Imóvel (em andamento)
O Fundo atualmente possui uma proposta vinculante para aquisição, pelo valor aproximado de R$ 35 milhões, de participação de aproximadamente 20% de um empreendimento imobiliário localizado em uma das principais regiões consolidadas do mercado imobiliário de São Paulo, além de outros dois ativos, com exclusividade e com condições precedentes ainda a serem cumpridas, no montante de aproximadamente R$ 20 milhões e R$ 55 milhões. A Rio Bravo vai oferecer informações completas sobre os imóveis assim que as aquisições forem concretizadas.
16/Out/2019 Exibir Documento
XPML11 XP Malls
Aquisição de Ativos
O Fundo adquiriu 45% do Natal Shopping, localizado em Natal (RN), e parte dos blocos 5, 7 e 17 do Downtown, localizado no Rio de Janeiro (RJ), pelo valor de R$368 milhões. A Transação atende integralmente a Política de Investimentos constante do Regulamento do Fundo e reforça a estratégia de comprar participações minoritárias em shopping centers em operação, nas principais cidades do país e cujo administrador seja renomado nacionalmente e idealmente também sócio do empreendimento, gerando comprometimento e alinhamento de longo prazo.

A Gestora estima que o resultado da aquisição dos Ativos para o Fundo resultará em R$27 milhões no primeiro ano de operação, já líquido das despesas operacionais e impostos, representando assim uma potencial distribuição de dividendos bruta de R$2,00 por cota ao ano.
16/Out/2019 Exibir Documento
VGIR11 Valora RE III
Aquisição de Ativos - Outubro
No início do mês de outubro, o Fundo adquiriu R$4 milhões do CRI Rovic 173S, com cupom de CDI + 5,5% ao ano, além de um prêmio adicional de 100 bps que será pago no final do mês. Com isso, o Fundo passou a ter aproximadamente 69% de seu PL alocado em CRI, distribuídos em 26 operações distintas.
16/Out/2019 Exibir Documento
FVBI11 VBI FL 4440
Imóvel do Fundo à venda - Nota da Administadora
Caso a venda do Imóvel se concretize, os procedimentos para liquidação do Fundo incluem os seguintes procedimentos, entre outros:

(a) o pagamento dos encargos que sejam devidos pelo Fundo até a data de efetiva liquidação, incluindo a taxa de performance do consultor de investimentos do Fundo;

(b) a distribuição dos lucros auferidos pelo Fundo em decorrência da venda do Imóvel, isentos de Imposto de Renda quando distribuídos a Cotistas que satisfaçam os requisitos indicados no art. 3º, inciso III, da Lei nº 11.033/2004;

(c) quando do resgate das Cotas, o recolhimento de IR na Fonte, conforme aplicável, a ser apurado pelo Administrador nos termos da legislação aplicável.

Ademais, para que a Administradora possa reportar corretamente à Receita Federal a tributação devida, será solicitado aos Cotistas que informem o preço/custo de aquisição de suas respectivas Cotas. Caso a Administradora não receba tais informações, a Administradora considerará o preço/custo de aquisição como R$ 0,00 (zero real), de modo que a alíquota de 20% (vinte por cento) será aplicada sobre o valor resgatado, nos termos da legislação aplicável.
15/Out/2019 Exibir Documento
BCRI11 Banestes Recebiveis Imobiliarios
Comentário do Gestor - Setembro
No mês de setembro, adquirimos 2 CRI’s constantes de nosso pipeline previsto à época da 4ª emissão, encerrando a alocação dos recursos captados na última oferta:

Artenge: CRI lastreado em Cédulas de Crédito Imobiliário emitido pela SPE criada pela Artenge Construções Civis S.A. para construção de de unidades imobiliárias do empreendimento residencial “Torre Sartorini”, localizado em Londrina - PR, . O CRI conta com garantias de AF dos imóveis, AF das quotas das SPE’s, Fundo de despesa e Aval prestado na Cédula de Crédito Bancário;

H2 Energy: CRI lastreado em contrato de locação de Mini Central de Geração de Energia para fins de geração distribuída para o Burger King com prazo de 300 meses (25 anos). Os recursos financiarão a construção e aquisição de equipamentos de 5 centrais de mini geração de energia solar (geração distribuída) localizadas nos estados de SP, RJ e DF para suprir as necessidades energéticas de 58 lojas da Burger King. O CRI conta com garantias de AF de Cotas da SPE Proprietária do Empreendimento, 100% controlada pela H2ENERGY Consultoria, Soluções e Instalações Fotovoltaicas S.A. (“H2Energy”), Fluxo de Caixa da SPE, Fundo de Liquidez e Fiança da H2 Energy;


Realizamos, também, vendas parciais de debêntures e de alguns CRI’s: Helbor, RNI e Creditas, ativos que já ainda fazem parte de nosso portfólio, objetivando maximizar a rentabilidade do Fundo através da aquisição tática de FII’s.

Nosso comitê de gestão optou por participar da 5ª emissão de cotas do FII UBSR11, cujas cotas foram emitidas ao preço de R$ 100,00 enquanto que o valor de mercado (no secundário) era R$ 110,00, bem como da 6ª emissão de cotas do FII HGCR11 cujo preço das cotas foi R$108,54. O objetivo do fundo na compra de outros FII’s é de ganho de capital combinado com ativos de qualidade para carregamento a médio prazo. Os FII’s têm boa liquidez e são uma forma eficiente de acessar uma boa carteira de ativos. Reafirmamos o objetivo central do BCRI11 de adquirir CRI’s diretamente.
15/Out/2019 Exibir Documento
SDIP11 SDI Properties
Alterações nas Locações do Condomínio São Luiz
  • Locação das unidades de nºs 23 e 33 do Bloco III do Condomínio São Luiz que estão compromissadas em venda ao Fundo com a Allpark Empreendimentos, Participações e Serviços S.A. (“Allpark”)
  • Distrato do contrato de locação com a GPS Planejamento Financeiro Ltda, referente à unidade nº 103 do Bloco III e, na sequência, a locação da mesma unidade para o Banco BMG S.A.

(Veja mais detalhes no documento)
15/Out/2019 Exibir Documento
HGBS11 Hedge Brasil Shopping
Aquisição de 45% do Shopping West Plaza
O Fundo firmou acordo para a aquisição de 45,00% do Shopping West Plaza, localizado na cidade de São Paulo. A Operação está sujeita à superação de condições precedentes usuais em transações desta natureza.

Adicionalmente, com as premissas de projeção de resultados para os ativos do Fundo, incluindo a aquisição da participação do Shopping, assim como o plano de ação descrito nos relatórios gerenciais, que inclui a melhoria operacional da carteira e reciclagem do portfólio, a estimativa de rendimento médio mensal para os próximos 12 meses permanece em aproximadamente R$ 1,40 por cota.

Ficha técnica do Shopping
Inauguração: 1991
Administração: Aliansce Sonae Shopping Centers
Endereço: Av. Francisco Matarazzo, São Paulo/SP
Área bruta locável (ABL) (100% do shopping): 36,6 mil m²
Principais locatários: Bio Ritmo, Fast Shop, Centauro, Lojas Americanas, Kiabi, Daiso, Renner e Magazine Luiza
Lazer e Gastronomia: Outback, Pecorino, Jeronimo, Temakeria&Cia, Cinemark, Playland e Villa Bowling
14/Out/2019 Exibir Documento
JRDM11 Shopping Jardim Sul
Comentário do Gestor - Agosto
No dia 07/08/2019 o Fundo anunciou rendimentos relativos a junho de 2019 no valor de R$ 0,4663 por cota, valor 10% superior à distribuição relativa a junho de 2018. As vendas totais subiram 11%, acompanhadas por um aumento de 10% nas vendas nas mesmas lojas, considerando os resultados de julho de 2018. O shopping fechou o mês de julho com 2,9% de vacância, com 7 lojas vagas.
14/Out/2019 Exibir Documento
BCFF11 BTG Pactual Fundo de Fundos
Comentário do Gestor - Resultado de Agosto
Durante o mês, enxergamos boas oportunidades no mercado para venda de alguns papéis e giramos a carteira do Fundo em mais de R$60 milhões. A redução foi feita tanto via vendas no mercado secundário, como através de block-trades negociados com os principais players do mercado.

Com o recurso proveniente das vendas, continuamos a investir em algumas Ofertas Restritas ao público geral, as 476. Além disso, enxergamos algumas janelas de compra no mercado secundário durante o mês. A queda dos rendimentos dos FIIs neste período está relacionada ao não recebimento de dividendos do BTG Malls, em virtude da sua recente constituição.

Adicionalmente, cabe ressaltar que, o BCFF possuí, aproximadamente, R$0,59/cota de lucros acumulados. Este valor não contempla os R$ 0,92/cota já recuperados pelo Fundo nos processos referentes às restituições de Imposto de Renda sobre o lucro auferido em alienações de cotas de FIIs.
14/Out/2019 Exibir Documento
BCIA11 Bradesco Carteira Imobiliária Ativa
Comentário do Gestor - Setembro
Em setembro, a carteira do BCIA teve performance positiva de 0,99%, sendo que o IFIX também apresentou forte retorno de 1,04%. No mês, embora o principal detrator da rentabilidade da carteira tenham sido os fundos de lajes corporativas, seguimos confiantes com o segmento, considerando a expectativa de fortes revisionais nos aluguéis das lajes bem localizadas e de excelente padrão construtivo na cidade de São Paulo, dado o baixo nível de vacância de lajes com esse perfil e a entrega limitada de ABL nos próximos anos.
11/Out/2019 Exibir Documento
THRA11 Cyrela Thera Corporate
Aviso de desocupação de Imóvel
O Fundo recebeu uma notificação enviada pela INTERNATIONAL PAPER EXPORTADORA LTDA. e pela INTERNATIONAL PAPER DO BRASIL LTDA, Locatárias do 16º andar da Torre 3, cuja área correspondente à 2.129,60 m2 do Imóvel, informando a intenção de não prorrogar o prazo de vigência do Contrato de Locação com término em 23 de junho de 2020.

Dessa forma, a saída das Locatárias está prevista para ocorrer até o dia 24 de junho de 2020, mas deverão, durante este período, cumprir todas as disposições contratuais, notadamente o pagamento de alugueis e encargos. Com a concretização dessa saída, a vacância do Imóvel irá para 20,12%.

Além disso, a saída das Locatárias impactará negativamente a receita do Fundo em aproximadamente 22,32% em comparação às receitas do mês de Setembro de 2019,
gerando um impacto negativo na distribuição de rendimentos de aproximadamente 25,60%.
11/Out/2019 Exibir Documento
SAAG11 Santander Agências
Comentário do Gestor - Setembro
A gestão do Fundo esclarece que possui ciência da preocupação dos cotistas sobre desbancarização no Brasil e que esse assunto está sendo tratado internamente através de estudos e análises. Caso a gestora julgue apropriado, podem ser sugeridas aos cotistas alterações no perfil, objetivo e estratégia do Fundo. Qualquer novidade neste sentido será comunicada através de nossos relatórios e/ou Fato Relevante.
11/Out/2019 Exibir Documento
UBSR11 UBS (BR) Recebíveis Imobiliários
Comentário do Gestor - Setembro
O Fundo encerrou o mês com 62,7% de seus recursos alocados em CRIs, distribuídos em 35 operações. Com base em recomendações do Consultor, o Administrador adquiriu R$ 63,2 milhões em novas operações de CRIs referente aos recursos levantados na 5º emissão.

Há novos CRIs aprovados em Comitê que se encontram em fase final de estruturação e documentação que serão alocados no decorrer dos meses de outubro e novembro. O Fundo mantém a estratégia de conservar um elevado percentual de alocação em CRIs (Ativos Alvo), com um consistente pipeline de novas operações que possibilita alocar os recursos do Fundo com rapidez, recorrência e ênfase em operações com robusta estrutura de garantia.

No mês de setembro, o Administrador, com base na recomendação do Consultor de Investimento, adquiriu cotas do CRI Risco Pulverizado I, emitido pela ISEC e cotas seniores do CRI Helbor, 1º emissão e série 110, emitido pela Habitasec.
11/Out/2019 Exibir Documento
MBRF11 Mercantil Do Brasil
Detalhes sobre os contratos de aluguel
EDIFÍCIO SEDE
Prazo Contrato: 07/2031
Permanência Garantida: até 31/07/2023
Multa por Rescisão Antecipada: 8 meses de aluguel
Receita Mensal: R$ 765.553,89

AGÊNCIA RIO BRANCO
Prazo Contrato: 07/2031
Permanência Garantida: até 31/07/2021
Multa por Rescisão Antecipada: 8 meses de aluguel
Receita Mensal: R$ 146.186,17
11/Out/2019 Exibir Documento
FPAB11 Projeto Agua Branca
Processos de Locação - Setembro
Iniciamos negociação com empresa interessada na locação do 19° pavimento localizados na Torre Los Angeles com área total de 612,87m². A negociação encontra-se em fase de minuta contratual.

Iniciamos negociação com empresa interessada na locação de 507,86m² de área. A propostac omercial está em processo inicial de discussão.

Concluímos a renovação do contrato de locação da empresa ocupante dos 5° e 6º pavimentos (área de 2.031,44m²) por um período de 05 anos.

Iniciamos processo de renovação de contrato com a empresa ocupante do conjunto 51 com área de 507,86m² localizado ano 5° pavimento (metade) da Torre New York. A negociação das bases comerciais encontra-se em fase inicial de discussão.
11/Out/2019 Exibir Documento
CRFF11 Caixa Rio Bravo Fundo de Fundos II
Comentário do Gestor - Setembro
O Caixa Rio Bravo II começou, neste mês, a distribuir ganhos de capital de sua carteira aos cotistas; O desafio atual da gestão do fundo é unir a filosofia fundamentalista dos times de gestão com a captura dos ciclos de mercado. Sendo este um investimento de longo prazo, acreditamos na geração de valor contínua e consistente por meio de um veículo de risco controlado e portfólio resiliente e defensivo. No último mês, investimos 7% do fundo no XP Log FII, pois acreditamos na capacidade do fundo de gerar valor de curto e longo prazo com os investimentos que serão feitos com os recursos da emissão. No próximo mês, temos novas emissões sendo analisadas pelos times de gestão, e acreditamos – conservadoramente - na alocação total do fundo até o final de 2019.
11/Out/2019 Exibir Documento
CXRI11 Caixa Rio Bravo Fundo de Fundos
Comentário do Gestor - Setembro
O CXRI11 está passando por mudanças na sua trajetória. O fundo teve, desde o seu lançamento em 2013, política de investimento ativa; a metodologia de investimento buy and hold era aplicada à sua gestão, e isso deixou os investidores com a percepção de gestão passiva. No último ano, os times envolvidos na gestão têm feito o esforço de tornar a gestão do fundo cada vez mais ativa, no sentido de aproveitar os melhores momentos de mercado, ainda mantendo uma filosofia de value investing.

O desafio que tentamos endereçar é manter a filosofia de um portfólio diversificado e de alta qualidade, mas aproveitando momentos de mercado para capturar upsides no portfólio e estar bem posicionado no seu peer group. Tudo isso amparado por sólido processo de investimento e rigorosas análises do mercado e dos ativos investidos.
11/Out/2019 Exibir Documento
TGAR11 TG Ativo Real
Detalhamento das últimas aquisições de ativos
O Fundo anunciou a aquisição de novos empreendimentos e novos ativos financeiros, buscando uma maior diversificação e sofisticação da carteira do TG Ativo Real. O Fundo tem envidado grandes esforços para analisar e selecionar ativos aderentes à estratégia do fundo, os quais são integralizados somente após uma extensa e minuciosa esteira de originação.
11/Out/2019 Exibir Documento
VLOL11 Vila Olimpia Corporate
Comentário do Gestor
Os conjuntos do Fundo seguem ocupados e com performance de vacância histórica sempre muito abaixo da região. Para a área que será desocupada pela LBS Local, estamos em finalizando a discussão de minutas e condições comerciais com o potencial novo inquilino já em linha com as condições de mercado atuais.

Em relação aos contratos a vencer nos próximos meses, estamos na fase de análise das minutas e tratativas finais com os atuais locatários. Assim que surgirem novidades comunicaremos prontamente ao mercado.
10/Out/2019 Exibir Documento
RBGS11 RB Capital General Shopping Sulacap
Indicadores de Agosto
Abaixo os principais indicadores do Shopping Sulacap no mês de Agosto/19:

- Vendas: crescimento de 10,2% com relação ao ano passado e 8,31% no acumualdo do ano, contra mesmo período de 2018;
- Fluxo de veículos: crescimento de 5,35% com relação a 2018 e crescimento de 3,90% no acumulado do ano;
- Inadimplência líquida: Em agosto/19 de 4,00% do aluguel faturado no mês e 7,4% no acumulado ano.

Ao longo deste ano já foram comercializados mais de 1.850m² de área bruta locável, adicionando importantes operações ao shopping. Destaque para as seguintes inaugurações: Salão de beleza Walter Coiffeur, Empório do Galeto, André Lustres, Policlínica Saúde e recentemento a inauguração da O' Born e Zinzane
10/Out/2019 Exibir Documento
FIIB11 Industrial Do Brasil
Novos Contratos de Locação
- Em 15 de setembro de 2019 foi efetivada a locação da empresa que ocupou o Bloco 3 modulo B com área de 725,65 m².

- Em 24 de setembro de 2019, recebemos contrato assinada da empresa que irá ocupar o Bloco C - módulo 6, com área de 1.641,87 m², com início em 01 de novembro de 2019.
10/Out/2019 Exibir Documento
SADI11 Santander Papéis Imobiliários CDI
Comentário do Gestor - Setembro
Durante o mês de setembro o Fundo adquiriu 2 (dois) CRIs:

1º) CRI Iguatemi no volume de aproximadamente R$ 10,0 milhões com a taxa de CDI + 0,30%, e
2º) CRI MRV Engenharia no volume de aproximadamente R$ 10,0 milhões com a taxa de CDI + 0,70%.

O time de gestão espera liquidar nos próximos dias um volume de aproximadamente R$ 150 milhões em CRIs que se encontram em fase final de estruturação. Adicionalmente e em linha com o estudo de viabilidade apresentado no prospecto da primeira oferta do Fundo, esperamos estar com alocação próxima de 100% da carteira até dezembro de 2019.
10/Out/2019 Exibir Documento
SDIP11 SDI Properties
Comentário do Gestor - Setembro
Em setembro foi concluída a oferta pública do Fundo, com início da negociação da cota na B3 em 26/09/2019. Foi captado um total de R$ 361.691.000,00, sendo que ainda em setembro R$ 70.000.000,00 já foram desembolsados como pagamento de um sinal para o vendedor das lajes que o Fundo está adquirindo no Ed. Torre Sul. Nos próximos meses, a SDI Gestão focará principalmente na alocação dos recursos do Fundo nos ativos negociados. O Fundo, portanto, gradualmente deverá melhorar suas distribuições mensais até atingir um patamar mais estável.

Pelo fato de o Fundo ter, até o final do mês de setembro, formalmente adquirido somente as lajes do Ed. Torre Sul, serão mostradas somente as informações relativas a este ativo. Nos próximos relatórios serão apresentadas também as informações dos outros ativos-alvo do Fundo (Condomínio São Luiz e Ed. Passarelli), à medida em que as aquisições sejam liquidadas e formalizadas.
10/Out/2019 Exibir Documento
HMOC11 HEDGE Shopping Praça da Moça
Revisão da projeção de rendimento
Considerando o resultado realizado no ano e as premissas de orçamento para os próximos meses do Shopping Praça da Moça para 2019, revisamos a estimativa de rendimento mensal do Fundo em 2019 para aproximadamente R$1,30 por cota, com a expectativa de distribuir R$1,25 nos próximos meses deste ano.
10/Out/2019 Exibir Documento
CVBI11 VBI CRI
Comentário do Gestor
Em 30 de Setembro, o Fundo encontra-se 81% alocado em CRI a uma taxa média ponderada de 8,6% a.a. + inflação, sendo o duration médio do portfólio de CRI de 4 anos. No mês de Setembro foram adquiridos 7 novos CRI, o CRI Toscana dividido em 3 séries (CRI Toscana A, B e C) e o CRI Raposo dividido em 4 séries (CRI Raposo A, B, C e D). O CRI Toscana, trata-se de um CRI com lastro pulverizado em uma carteira de recebíveis de loteamento atualmente em construção. A taxa de aquisição foi de IGP-M + 9,24% a.a. O CRI Raposo trata-se de um CRI que tem como garantia a alienação fiduciária do imóvel e cessão fiduciária de recebíveis do Shopping Raposo em São Paulo. A taxa de aquisição foi de IPCA + 6,5% a.a.
09/Out/2019 Exibir Documento
BMLC11B BM Brascan Lajes Corporativas
Recebimento de Aluguel atrasado
A A5 GESTÃO DE INVESTIMENTOS LTDA, Locatária dos conjuntos nº 1502 e 1503 no 15º andar do Imóvel, que se encontrava inadimplente no pagamento do aluguel relativo à competência do mês de Setembro de 2019, realizou o pagamento do referido aluguel. Dessa forma, a próxima distribuição de rendimentos pelo Fundo será impactada positivamente em 6,57% com base na distribuição de rendimentos divulgada no dia 07/10/2019.

A Administradora ressalta ainda que a Locatária ainda não realizou o pagamento da multa e dos encargos devidos e que o Fundo cobrará os valores em aberto, conforme previsto no Contrato de Locação
09/Out/2019 Exibir Documento